quinta-feira, 8 de junho de 2017

Vamos experimentar a Ginjinha!

Ora vai a Marta ao mercado e traz cerejas para provar.

As cerejas são de cair para o lado de boas.

A Marta alambaza-se e, no dia seguinte, volta ao mercado para ir buscar dois quilos para fazer licor de cereja.

A Marta menciona que vai fazer licor de cereja.

O rapaz da banca gaba as cerejas, bem boas, que vieram do Fundão, e acha por bem acrescentar que o pai também trouxe ginjas e que amanhã já as tem na banca.

A Marta vacila.

A Marta decide-se: "Guarda-me um quilo, venho cá buscá-las amanhã!"

Ainda tinha alguma aguardente em casa, dava para um quilo de ginjas, ora vamos lá experimentar!

E deu nisto!


Precisamos de:

1 kg de ginjas 

1 lt de aguardente vinícola

700 grs de açúcar louro

2 paus de canela

(sim, eu invento: substituí o açúcar branco por louro e acrescentei a canela...)



Retirar os pés das ginjas, lavá-las e secá-las bem.

Introduzir as ginjas num frasco ou garrafa de boca larga e colocar o açúcar.

Usei duas garrafas e reparti as doses.

Regar com a aguardente, rolhar a garrafa e sacudir todos os dias até o açúcar diluir.

Servir passado um ano.


Este era o aspecto no dia em que foi feita.


Cinco dias depois, já o açúcar estava dissolvido e o líquido começa a ganhar a tonalidade da fruta.


Pelo sim, pelo não, vou sacudir as garrafas durante uma semana.


Sem comentários:

Enviar um comentário